quarta-feira, 13 de julho de 2016

A noite vem acompanhada de ilusões, que podem se estender por anos, mas sempre…
Sempre serão reveladas pelo nascer do sol.


sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Metrô

O metrô.. de barulho insuportável e pessoas de pé, isso participa dos meus sonhos. Por que?
Os abraços começariam nele, tímidos, inocentes para os olhos alheios até tornarem- se beijos, toque de lábios enquanto os braços se mantêm no abraço e ao chegar na estação, talvez até lá as linguás já teriam entrado neles...
As mãos... as minhas iriam percorrer a delicia do seu corpo e em algum lugar longe dos olhos dos transeuntes ( por que há que haver um lugar assim ) as roupas deixariam de ser uma barreira para o prazer, por que as mãos seriam sorrateiras e entrariam nelas curiosas por saber o que estava escondido e ao encontrar os sentidos transbordariam, o peito arfando a respiração ofegante os gemidos ardentes até não poderem mais ser contidos ( certamente é nessa hora que os deuses invejam os mortais). Depois do êxtase o silêncio, os afagos as mãos se tocam se ajeitam e o caminho para casa é concluído.
Obs: Obra da minha cabeça não aconteceu mas poderia ter acontecido.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Volta


Eu gosto mas não amo...
Alguns amam mas não gostam...
                     Quando será?
      Quando será ?
Que conseguirei em fim unir as duas coisas 
numa só!

domingo, 30 de junho de 2013

Carta Proibida

Estou pensando em você, quero saber como você está, quero te contar que minha solidão não está mais tão sozinha, e me pego ao som das musicas que escutamos juntas, me pergunto, será que você pensa em mim agora?
Eu estava comendo, mas não posso simplesmente me nutrir tendo esses pensamentos, nós dançamos esta musica juntas, será que você se lembra?
Acendi velas para você, comprei bebidas, escolhi o melhor som a melhor roupa, o melhor incenso, a melhor das diversões que eu pude dar a alguém, e mesmo agora que você se foi me pergunto, foi errado?
Tudo o que tenho são perguntas que nunca serei capaz de responder se não perguntar a você, mas acho que não devo. Não depois de escutar você dizer que minha presença a incomoda, nas conversas mentais que tenho com você.
 Com a parte de você que guardei dentro de mim presa no meu coração, você me diz que eu errei quando manipulei as coisas para ficar perto de você, você me diz que eu não devia ter feito e que você está bem agora. Isso que você diz é o que eu quero ouvir...
Ouvir que não há magoa ou ressentimento que apenas minha ausência te basta, e se não bastasse, há ela teria que bastar por que eu simplesmente não posso mais chegar perto, olhar para você me magoa e me causa dor.
E seu retrato... haaa!
Ele continua em meu espelho, preso na moldura para que eu possa desejar sempre o melhor para você todos os dias.
Como você costumava assinar: “Nada resiste a vontade do homem quando sabe a verdade e quer o bem.”
Mesmo terminado eu não consigo parar de pensar, eu não deveria enviar isso a você, mas nos sabemos que minha reputação não é boa quando se trata de fazer o que devo.

Seja feliz.


sábado, 9 de junho de 2012

Visita.


Tudo estava cinza e o céu parecia querer desabar sobre nossas cabeças, ela sabia que ele com certeza se encerraria nas trevas com som de guitarras, e então bateu aporta, e viu duas safiras que não brilhavam surgirem no apartamento negro e sem moveis, entrou sentou se no chão observando as roupas em pregos nas paredes, uma bicicleta na sala, no quarto uma maquina de escrever e um colchão.

Ele sorriu percebendo a estranheza e falou de sua solidão, sim ela agradeceu por não terem se unido quando houve o desejo, mas estendeu lhe o guarda – chuva negro, como tudo o que ele tinha, e saíram na chuva.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Oi amor como é que você está?


O céu cinza e as nuvens parecendo querer desabar sobre nossas cabeças, quando tive a mais doce reminiscência de passado recente. Naquele mesmo lugar em uma tarde diferente perdida a poucos meses atrás eu dizia com uma certa felicidade:

- Oi amor boa tarde como é que você está?

E do outro lado sempre havia uma voz sonolenta, há muitas milhas de distância que sempre respondia estar dormindo quando devia estudar.

Senti vontade de dizer isso, pouco depois de ser invadida pelo cheiro da água tocando o solo, na saída do corredor escuro com canteiros no centro. Sim! eu trabalho em um prédio ao estilo dos antigos onde cada andar tem seus jardins centrais. Gosto da arquitetura mas nessa em especial não enxergo nenhuma beleza, caminhei em silencio profundo, revendo as conversas da tarde, sentindo uma felicidade nostálgica,

e inegavelmente desejando,

Ouvir aquela voz sonolenta, do meu amor quase platônico quando devia estudar.

domingo, 30 de outubro de 2011

"O país do Futuro"

Então atendendo a um pedido muito interessante estou escrevendo sobre o otimismo brasileiro,foi um pedido que me deixou bem feliz, por que contraria os pessimistas (como eu) que acham que brasileiros somente são otimistas em época de copa.

Sim estamos em época do Pan e não nego é gratificante dizer que nossos atletas tem feito bonito e temos um país que vem abocanhando as moedinhas de ouro dos jogos. A população já começa a sentir aquela euforiazinha de copa do mundo 2014, mas o que realmente é uma satisfação, é poder dizer que ao que tudo indica os pessimistas estão errados.

O que tem acontecido é um otimismo crescente dos brasileiros que na década de noventa foram ditos “saindo do fundo do poço”, enquanto almejavam uma vida melhor e preocupavam se com o desemprego, e em pouco mais de uma década esses mesmos brasileiros se mostraram ousados, e fortes o resultado disso foi pela primeira vez um representante do povo atingindo o cargo político mais importante do país, (que fique claro que não tenho afetos políticos) mas isso sem dúvida significou uma mudança de mentalidade que soou me muito importante aos olhos e ouvidos da população que se sentiu realmente representada, ainda me recordo que nessa época diziam que havia um representante do povo no governo, um governo que teve recordes de aprovação 83% por três semanas consecutivas. Mas então o governo terminou e novamente os Brasileiros e Brasileiras só pra lembrar nos surpreenderam de novo desta vez elegeram uma mulher para governar nosso país que ainda não encerrou, mas já mostra uma aprovação de 51%.

Estamos começando a enxergar o potencial do nosso país, ainda há aqueles desenformados que insistem em dizer:_ “somos pais de terceiro mundo.” Meus caros somos país emergente, há que se observar que nossa mera economia já ultrapassa França, Reino Unido em paridade de poder de compra, e é considerada a 7° maior economia mundial, sim ainda há muito em que melhorar que evoluir, não vamos achar que estamos no topo do Everest, mas isso tem saltado aos olhos de muita gente, e muita gente que é parte desse crescimento e que o sente todos os dias, gente que agora tem carro, tem casa, tem emprego, tem comida.


Seguindo a essas mesmas tendências otimistas eu gostaria de levantar aqui a bandeira do nacionalismo, e do patriotismo fora de copa ^^!