segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Catedral


A catedral apinhada de gente
A estatua de ebano junto a porta
Passavam como vultos
Barulhentos vultos inquietos
das tardes de domingo

O momento desejado nao aconteceu
Embora fosse uma catedral
Não o senti ali
Eram mudas as reliquias,
Reliquias...

Minha capela nunca as teve

Entrei me ajoelhei e perguntei
Por que sua presença nao está aqui?
Eles estão reunidos em seu nome.

Nenhum comentário:

Postar um comentário