sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Carnival


O Carnaval é uma coisa triste
Vejo lágrimas nos olhos do pierrot
E as pessoas cantando cantigas alegres
Não são felizes estão euforicos

Cada um destes rostos alegres
Esconde uma dor e um descontentamento
Ninguém precisa parar a vida por três dias
Espalhar sorrisos a desconhecidos
Se perder nos braços nos abraços
Na afeição gratuita

O carnaval é uma coisa triste
E uma fuga 
O rei momo um abobalhado
Que disfarça complexos sendo dito rei

As mascaras escondem repressão
E o desejo de acordar amanha como outra pessoa
É quando se assume o socialmente ruim
Enquanto diversão é quando se é o que é
Fingindo brincar de ser

O carnaval é uma coisa triste
A colombina ... A concumbina
Que não se assume
Que deixa para divertir

O Carnaval...
O carnival...
A coisa triste
A coisa banal

Um comentário:

  1. Melhor coisa que tem e curtir o carnaval!! festa da carne e tudo de bom ! (6) =D

    ResponderExcluir