terça-feira, 5 de outubro de 2010

Barroco


Pareces um anjo barroco
com os cabelos em cacho
e largo sorriso no rosto

e em um dia sem grandes desejos
colidio com sua virtual existencia
e ela afetou a minha existencia real

Hoje o peito me aperta
e ansia do não sufoca me o peito
e resisto com dor e meio sem jeito

de tombar eu não ei
aqui não há tempo para cair
é preciso estar de pé
para nao afundar

para nao chafurdar

Nenhum comentário:

Postar um comentário