domingo, 30 de outubro de 2011

"O país do Futuro"

Então atendendo a um pedido muito interessante estou escrevendo sobre o otimismo brasileiro,foi um pedido que me deixou bem feliz, por que contraria os pessimistas (como eu) que acham que brasileiros somente são otimistas em época de copa.

Sim estamos em época do Pan e não nego é gratificante dizer que nossos atletas tem feito bonito e temos um país que vem abocanhando as moedinhas de ouro dos jogos. A população já começa a sentir aquela euforiazinha de copa do mundo 2014, mas o que realmente é uma satisfação, é poder dizer que ao que tudo indica os pessimistas estão errados.

O que tem acontecido é um otimismo crescente dos brasileiros que na década de noventa foram ditos “saindo do fundo do poço”, enquanto almejavam uma vida melhor e preocupavam se com o desemprego, e em pouco mais de uma década esses mesmos brasileiros se mostraram ousados, e fortes o resultado disso foi pela primeira vez um representante do povo atingindo o cargo político mais importante do país, (que fique claro que não tenho afetos políticos) mas isso sem dúvida significou uma mudança de mentalidade que soou me muito importante aos olhos e ouvidos da população que se sentiu realmente representada, ainda me recordo que nessa época diziam que havia um representante do povo no governo, um governo que teve recordes de aprovação 83% por três semanas consecutivas. Mas então o governo terminou e novamente os Brasileiros e Brasileiras só pra lembrar nos surpreenderam de novo desta vez elegeram uma mulher para governar nosso país que ainda não encerrou, mas já mostra uma aprovação de 51%.

Estamos começando a enxergar o potencial do nosso país, ainda há aqueles desenformados que insistem em dizer:_ “somos pais de terceiro mundo.” Meus caros somos país emergente, há que se observar que nossa mera economia já ultrapassa França, Reino Unido em paridade de poder de compra, e é considerada a 7° maior economia mundial, sim ainda há muito em que melhorar que evoluir, não vamos achar que estamos no topo do Everest, mas isso tem saltado aos olhos de muita gente, e muita gente que é parte desse crescimento e que o sente todos os dias, gente que agora tem carro, tem casa, tem emprego, tem comida.


Seguindo a essas mesmas tendências otimistas eu gostaria de levantar aqui a bandeira do nacionalismo, e do patriotismo fora de copa ^^!