segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Oi amor como é que você está?


O céu cinza e as nuvens parecendo querer desabar sobre nossas cabeças, quando tive a mais doce reminiscência de passado recente. Naquele mesmo lugar em uma tarde diferente perdida a poucos meses atrás eu dizia com uma certa felicidade:

- Oi amor boa tarde como é que você está?

E do outro lado sempre havia uma voz sonolenta, há muitas milhas de distância que sempre respondia estar dormindo quando devia estudar.

Senti vontade de dizer isso, pouco depois de ser invadida pelo cheiro da água tocando o solo, na saída do corredor escuro com canteiros no centro. Sim! eu trabalho em um prédio ao estilo dos antigos onde cada andar tem seus jardins centrais. Gosto da arquitetura mas nessa em especial não enxergo nenhuma beleza, caminhei em silencio profundo, revendo as conversas da tarde, sentindo uma felicidade nostálgica,

e inegavelmente desejando,

Ouvir aquela voz sonolenta, do meu amor quase platônico quando devia estudar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário